Praia do Apaga Fogo

Segundo a lenda, nesta pequena língua de terra que divide o pacato Rio Buranhém das águas agitadas do Atlântico, cada pescador deixava uma lamparina acesa ao sair para pescar.

Na volta, cada um apagava a sua chama, sinalizando, assim, que havia chegado em segurança. Desta forma as famílias e amigos poderiam saber se algum deles ainda se encontrava em alto mar, e oferecer ajuda, se necessário. Assim surgiu o nome desta pequena península que se estende à esquerda de quem atravessa de balsa o percurso de dez minutos que separa o centro de Porto Seguro, do distrito de Arraial d'Ajuda. Com a maré baixa, partindo de Arraial, é possível chegar a pé até à ponta do Apaga-fogo, e apreciar mais um encontro de Rio e Mar, desta vez tendo por testemunha o belíssimo casario colonial da Passarela do Descobrimento no centro de Porto Seguro. Nas noites de lua cheia, inclusive, o brilho lunar refletido nas águas encrespadas do Atlântico, é um espetáculo deslumbrante de paz e comunhão com a natureza. Durante os longos dias de verão, o lugar empresta sua beleza para os praticantes de esportes náuticos, que completam a paisagem com suas velas, pranchas e roupas coloridas.

Fonte: http://portosegurotur.com/o-que-fazer/3-praia-do-apaga-fogo